Pensar a República


Neste dia, em que tão solenemente, tantos políticos celebram, discursam e opinam sobre a importância da República recomendava que todos parassem e dedicassem um pouco do seu tempo para ler e tentar compreender as sábias palavras que se encontram na preciosa obra “A República” de Platão.

O ideal platónico consciencializa-nos para a responsabilidade que cada pessoa tem na construção do bem comum. A responsabilidade que cada um de nós tem em dar aquilo que tem, dentro das suas possibilidades, para a construção do bem comum. A Polis, surge da própria natureza humana e da procura do bem comum que é de todos e para todos.

Neste dia em que celebramos a República (do latim res publica), mais do que celebrar uma estrutura política, estamos a celebrar a “coisa pública” aquilo que é de todos e para todos: o BEM COMUM.

E nós cristãos, iluminados pela luz de Cristo, temos uma responsabilidade acrescida no meio da Polis e na Educação dos nossos alunos. Cabe a cada um de nós, professores de EMRC, lembrar a nossa comunidade escolar a necessidade de uma entrega autêntica e responsável para a construção de uma cidade mais humana.

Bom trabalho!

#Reflexão #EMRC

110 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo